27 abril 2011

ESPELHO

Como é bom olhar no espelho e gostar do que se vê!
Hoje eu acordei, tomei meu banho e ao vestir minha roupa fiquei me paquerando no espelho, olhando minhas novas formas... O melhor, eu gostei do que vi! Senti vontade de continuar cada vez mais firme na minha reeducação alimentar, a ingrenar na caminhada de uma vez por todas, a fazer mais por mim para gostar cada vez mais do que vejo.
Até as plásticas que tinha programado fazer agora em maio estou na dúvida se faço. É porque apesar do plano pagar a plástica reparadora, quando eu marco as consultas TODOS cirurgiões falam que o plano paga muito pouco, e cobram por fora para fazer peito e barriga uns 4 a 6 mil. reais. Eu posso brigar, entrar na justiça, mais não sei se quero isso neste momento... E desembolsar este dinheiro agora, sei não... Prefiro arrumar minha casa, viajar, fazer outras coisas do que a plástica. Como falei, eu gosto do meu corpo, claro que adoraria tirar o sutiã e o peito continuar empinadinho no mesmo lugar; as estrias que ficaram na barriga também me encomodam, principalmente a cicatriz da cesárea; mais não é algo que seja urgente, que me encomode tanto a ponto deu preferir fazer as plásticas do que por exemplo pintar minha casa, fazer meu guarda-roupa novo, viajar de lua-de-mel no meio do ano... Acho que é melhor esperar um pouquinho, dar tempo também deu ter certeza se vou querer ou não outro baby né? Tudo tem seu tempo, e acho que pelo menos agora, num quero não fazer as plásticas, estou satisfeita e FELIZ por estar escrevendo isso sabia?!
Essa semana coloco as visitas em dia, prometo!
Um beijão.

7 comentários:

*Lela* disse...

Que momento bonito...penso como vc,rs! Tem que saber muito o que se quer e estar inteira; se está 50% melhor aguardar - Imagina depois de tudo pintar outro baby,rs!
Tb já tive vontade de cirurgia, pelos mesmos motivos exatos que vc mas sou tão feliz que às vezes tenho vergonha de querer tanto, por tão pouco (falo de im)

Seja qual for sua decisão, eu apoio!

Beijus

Ingrid Cibele disse...

que legal amiga, é isso ai, o importante é sentir bem...beijos

me. disse...

Olá, acabei de conhecer seu blog! Eu também sou de Maceió. Vivo numa luta imensa para emagrecer... há 6 anos. =((( Tenho compulsão alimentar, já tomei muitos remédios e hj tento reeducação. Mas sei que precisarei de ajudar psicológica/psiquiátrica. Adorei seu blog. Parabéns pela conquista e pela linda família. Beijão!!!

me. disse...

Desculpa. Esqueci de assinar: Ana Lívia :)

Sarah disse...

Nossa adorei ler isso pq tb estou fazendo Ra e ja pensando nas plasticas pq a cada quilo perdido é flacides sobrando...da uma agonia...
Espero poder um dia sentir esse prazer em me ver no espelho!
bjs

Beth disse...

É muito bom ter essa satisfação consigo mesma, a ponto de não ter qualquer apavoramento para as plásticas etc.
Ainda mais se acha que pode querer, em breve, um outro bebezinho.
O bacana mesmo é saber que conquistou isso, né?
Beijos!

Andrezza disse...

Ola meu nome é Andrezza tenho 14 anos e sou gordinha estou no nivel do sobrepeso e tenho medo de ficar obesa ! Eu sou gorda mais tenho medo de ficar pior . Na minha minha turma eu sou a mais gorda de todos e me sinto inferiorizada , porque todas as minhas amigas são magras e bonitas , eu me acho mais feia da escola ! Sou muito extrovertida e acho que é por isso que ainda não estou depre. A pior coisa do que ser gorda é você ser chamada de gorda por uma amiga ou ser ridicularizada por isso. Li os textos do seu blog e cheguei a chorar , me identifiquei muito com você.
Eu sei que forma física não é tudo , mais só quem sofre principalmente o preconceito é que sabe ...
Bjus e parabens pelo sucesso do blog.